(11)

Vacinação Veterinária

Gostou? compartilhe!

Quem possui animais de estimação sabe da extrema importância de manter a saúde do animal sempre em dia. Visitas frequentes ao veterinário fazem parte da rotina dos tutores de pets a fim de garantir sempre o bem-estar do animal. Nessas visitas frequentes, além de possíveis diagnósticos e cuidados, é de suma importância que o tutor e o médico preocupem-se em relação à vacinação do animal. A vacinação veterinária é imprescindível para garantir que o animal não seja infectado com doenças graves que comumente podem acometer os animais domésticos, algumas das quais são:

  • Cinomose;
  • Hepatite;
  • Coronavirose;
  • Leptospirose, entre outras.

Veja a seguir algumas dicas em relação à vacinação e períodos de ministração indicados para quem possui animais mais comuns como cães e gatos:

Para cães:

Algumas vacinas devem ser aplicadas no mínimo nos primeiros 45 dias de vida.

  • É importante que os cães sejam imunizados contra a gripe canina;
  • Uma das doenças graves que podem acometer o cão é giardíase, que se trata de uma infecção intestinal e pode ocorrer com cães de qualquer idade. Esta doença é considerada uma zoonose, ou seja, doença que também pode ser transmitida para o ser humano.
  • Todo o conjunto de vacinas deve ser ministrado e verificado anualmente.

Para gatos:

  • A vacinação dos gatos deve iniciar-se pelo menos até os 2 meses de vida;
  • A vacinação antirrábica é anual e obrigatória (tanto para gatos quanto para cachorros);
  • A vacinação para os gatos também deve ser rigidamente seguida anualmente.

Os pontos citados acima não se encaixam a animais silvestres e exóticos. Para saber maiores detalhes, consulte sempre com um veterinário de sua confiança.

A Helping pets preza pelo cuidado com seu pet, desde a vacinação até possíveis diagnósticos

A empresa oferece todos os cuidados a domicílio não apenas para cães e gatos, mas também para animais exóticos e silvestres.